Simples Nacional – Tabela, Boleto

Tabela Simples Nacional

O Simples Nacional é um regime tributário diferenciado que é aplicável a microempresas e Empresas de pequeno porte que é vigente desde 2007 e facilita bastante a vida de quem tem uma empresa aberta. Confira a tabela do Simples Nacional e como emitir o boleto do Simples Nacional.

simples-nacional-tabela

O microempresário que tiver dificuldades sobre esta modalidade de regime tributário deve entrar no site da receita federal e, após esclarecer suas dúvidas preencher o formulário para requisitos do Simples Nacional lembrando-se de formalizar esta opção. Persistindo a dúvida o conselho é procurar um contador que poderá lhe orientar sobre essa modalidade de regime tributário.

Simples Nacional Tabela – Consulta

O Simples Nacional é dividido em tabelas de acordo com cada segmento de empresa: comércio, indústria, serviços, serviços gerais e locação de bens móveis, entre outros. Para cada atividade há uma aplicação de uma alíquota. Por exemplo, a atividade do comércio, se a empresa gera até R$120 mil alíquota é de 4%. Para a empresa se enquadrar no Simples nacional precisa ter uma receita bruta inferior a R$ 240 mil.

Para ter uma ideia sobre como é a arrecadação do simples nacional consulte um contador e paca um modelo de extratos oferecidos e encontrados na web. A tabela do Simples Nacional já está disponível e você pode consultar ela e saber mais informações sobre essa modalidade de tributo através do seguinte link www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional/default.aspx.

O link acima mostra várias perguntas a serem respondidas sobre o Simples Nacional. O link é bem esclarecedor quanto ao regime tributário diferenciado, sobre sua legislação, manuais, parcelamento e convênios e estatísticas de arrecadação; perguntas e respostas sobre o regime tributário, notícias e agenda.

Emissão Boleto Simples Nacional

O Simples Nacional é uma modalidade de regime tributário de arrecadação, cobrança, fiscalização de tributos aplicável às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte. Para o ingresso no Simples Nacional é necessário as seguintes condições: enquadrar-se na definição de microempresa ou empresa de pequeno porte; fazer a formalização pelo Simples Nacional e cumprir os requisitos previstos em legislação (Lei complementar, decretos, portarias e resoluções e principalmente na Lei Complementar n° 123 de 14 de dezembro de 2006). No link acima você também confere mais informações sobre a emissão do boleto do Simples Nacional.

boleto-simples-nacional

Simples Nacional novas regras

O Simples Nacional mudou neste ano. As alterações vão da alíquota até os limites de faturamento.

Saiba tudo sobre esse assunto e fique tranquilo para tocar o seu negócio da melhor forma possível, bem como para não ser pego pelo “leão”, o qual pode ser verdadeiramente cruel para quem tem uma empresa, no caso de inadimplência de impostos, especialmente.

O Simples Nacional é um regime tributário facilitado para pequenas empresas, com o intuito de recolher todos os tributos (em redes federais, estaduais e municipais) em apenas uma única vez. O Simples Nacional será modificado e se você é dono de uma microempresa, deve ficar sabendo de todas as alterações deste ano.

Dentre as alterações, temos mudanças nos limites de faturamento, nas alíquotas e nas tabelas. Cada uma das mudanças será citadas no texto para informar você sobre as mudanças do Simples Nacional.

O Simples Nacional teve boa parte alterada este ano, através de uma lei complementar e trará grandes mudanças para a tributação anual. Mudanças na tabela, na alíquota, no teto de faturamento, no prazo do pagamento de dívidas, na introdução de novas atividades, entre outras.

Leia Mais