Tabela Simples Nacional 2018 – Cálculo, Alíquotas

Simples Nacional Tabela 2018

Entenda o que mudou na tabela e na alíquota do Simples Nacional de 2018

Nesse ano, com as devidas alterações na lei do Simples Nacional, as tabelas do programa mudaram. Você precisa ficar sabendo e ficar atento às mudanças que ocorrerão no ano que vem. A seguir, explicaremos para você as mudanças na tabela do Simples Nacional 2018.

nova-tabela-simples-nacional-aliquotas

Dentre as mudanças do Simples Nacional 2018, estão mudanças na tabela, na alíquota, nas atividades relacionadas ao tributo, no teto de faturamento, no prazo do pagamento de dívidas e entre outros. Neste texto mostraremos as classificações de faturamento, os anexos e os descontos alterados no Simples Nacional 2018. Vamos lá.

A classificação do faturamento para enquadramento de empresas diminuiu de vinte para seis, ou seja, você deverá saber onde enquadrar sua empresa na tabela, por isso a importância de saber sobre as mudanças do Simples Nacional em 2018.

Em se tratando de impostos, em ano de mudança, é claro que isso iria se refletir no simples nacional, como é feito quase todos os anos pelo governo e que é muito criticado pelos empresários e outras pessoas que pagam impostos diversos para exercerem suas atividades, ainda mais se considerado o ano de crise.

Mas como só o que há a fazer é acatar, veja quais mudanças do simples nacional podem te afetar.

Cálculo Simples Nacional 2018

O cálculo para enquadrar sua empresa no Simples Nacional na tabela, funciona dessa maneira é

(RBT * A) – PD/RBT, onde:

  • RBT: Receita bruta acumulada nos doze meses anteriores
  • A: alíquota (anexos I e V da Lei Complementar)
  • PD: parcela de dedução (anexos I e V da Lei Complementar)

tabela-simples-nacional-calculo

Tabela com Anexos do Simples Nacional 2018

Veja abaixo a tabela do simples nacional 2018 e tire todas as suas dúvidas. Veja-se que cada anexo desses correspondentes aos dados relativos a cada tipo de empresa ou de atividade que são arroladas pela legislação.

Ou seja, essa é a tabela simples nacional prestação de serviços.

  1. Comerciantes etc.
Receita bruta dos 12 meses % Valor de desconto
Até R$ 180.000,00 4% 0
De 180.000,01 a 360.000,00 7,3% R$ 5.940,00
De 360.000,01 a 720.000,00 9,5% R$ 13.860,00
De 720.000,01 a 1.800.000,00 10,7% R$ 22.500,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 14,3% R$ 87.300,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 19% R$ 378.000,00
  1. Fábricas e outros.
Receita bruta dos 12 meses % Valor de desconto
Até R$ 180.000,00 4,5% 0
De 180.000,01 a 360.000,00 7,9% R$ 5.940,00
De 360.000,01 a 720.000,00 10% R$ 13.860,00
De 720.000,01 a 1.800.000,00 11,2% R$ 22.500,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 14,7% R$ 85.000,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 30% R$ 720.000,00
  • Prestadoras de serviço
Receita bruta dos 12 meses % Valor de desconto
Até R$ 180.000,00 6% 0
De 180.000,01 a 360.000,00 11,2% R$ 9.360,00
De 360.000,01 a 720.000,00 13,5% R$ 17.640,00
De 720.000,01 a 1.800.000,00 16% R$ 35.640,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 21% R$ 125.640,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 33% R$ 648.000,00
  1. Prestadores de serviço de segurança e de limpeza
Receita bruta dos 12 meses % Valor de desconto
Até R$ 180.000,00 4,5% 0
De 180.000,01 a 360.000,00 9% R$ 8.100,00
De 360.000,01 a 720.000,00 10,2% R$ 12.420,00
De 720.000,01 a 1.800.000,00 14% R$ 39.780,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 22% R$ 183.780,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 33% R$ 828.000,00
  1. Serviços de publicidade, tecnologia e jornalismo
Receita bruta dos 12 meses % Valor de desconto
Até R$ 180.000,00 15,5% 0
De 180.000,01 a 360.000,00 18% R$ 4.500,00
De 360.000,01 a 720.000,00 19,5% R$ 9.900,00
De 720.000,01 a 1.800.000,00 20,5% R$ 17.100,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 23% R$ 62.100,00
De 3.600.000,01 a 4.800.000,00 30,50% R$ 540.000,00

Novo limite simples nacional 2018

Como você pode visualizar há bastante diferença em relação à tabela do simples nacional 2017.

Por isso, para manter sua empresa regular, fique atento a esses novos dados do simples nacional 2018, para que você não tenha problemas com o Governo Federal.

Especialmente quando se tratam de impostos, o governo não hesita em fazer a cobrança. E se isso acontecer pode dar muita dor de cabeça ao devedor.

Caso você tenha alguma dúvida a respeito do novo limite simples nacional, não pense duas vezes antes de contatar um Contador de confiança, o qual poderá sanar todas as suas dúvidas sobre simples nacional 2018.

Se não houver atenção às mudanças do simples nacional 2018 e algo der errado, você pode ter complicações. Pessoas que devem impostos tem dificuldades para conseguir crédito e incentivos fiscais, participar de licitações e outras diversas questões.

Desse modo, tente compreender exatamente quais foram as alterações do simples nacional e se adéque a elas antes que o novo ano chegue e fique tudo para a última hora.

Quer saber mais sobre o novo simples nacional? Acesse o site do Ministério da Fazenda Nacional e tenha mais esclarecimentos a respeito do novo simples nacional.

Leia Mais

Imposto de Renda Simples Nacional – Dúvidas

Simples Nacional Imposto de Renda

O simples nacional que surgiu para ajudar muitos brasileiros, pode também ser motivo de dúvidas para outros. O simples nacional para as empresas.

simples-nacional-imposto-de-renda

A cada dia que passa novas empresas estão sendo criadas, graças aos novos empreendedores, o comércio e prestação de serviços no Brasil tornasse cada dia mais qualificado, além de gerar emprego e renda para muitas pessoas em diversos locais e setores do mercado.

Tire suas dúvidas sobre o IR de Simples Nacional

Com empresas sendo criadas, novas pessoas estão entrando no mercado e muitas delas podem não estar preparadas ou entenderem como funcionam os tributos e impostos cobrados do governo. Isso causa o desentendimento e até no prejuízo de muitos de estes empreendedores, visto que todos estes tributos precisam ter os valores rateados no produto que estão vendendo ou no serviço que estão oferecendo.

Para que os empreendedores não tenham perca de lucro com estes tributos, foi criado o sistema do simples nacional. Este sistema permite um melhor entendimento e planejamento do empreendedor no momento de pagar os impostos ao governo. O simples nacional permitiu que muitas empresas puderem desenvolver sua situação legal, tendo também mais direitos e protegidos de várias formas.

O simples nacional se encarrega de cobrar em uma única via o total de 8 tipos de impostos diferentes. Facilitando a vida das empresas, e quem pode ter acesso a esse beneficio são as empresas de pequeno e médio porte, as quais também podem se enquadrar no sistema de MEI – Micro Empreendedor Individual. Dentro dos impostos que se encontram na guia estão inclusos os mais famosos, como o PIS-Pasep, Cofins, CSL,e  outros que muitas vezes são esquecidos pelas empresas que estão iniciando no mercado, ou existem há um tempo e acabaram de regularizar-se.

O imposto de renda dentro do simples nacional

Empreendedores que possuem suas empresas e que se enquadrem no simples nacional também precisam fazer a declaração do imposto de renda. Os mesmos não ficarão de fora desta obrigação, visto que o rendimento destas empresas supera o valor colocado em base pelo governo para fazer a declaração.

imposto-de-renda-simples-nacional-duvidas

Ainda assim tendo dúvidas algumas pessoas, é importante que as dúvidas do simples nacional e de sua contratação para o seu empreendimento sejam consultados com o contador particular. Ele investigará e saberá informar se a empresa terá benefícios sendo incluída nesse ramo.

O sistema do simples nacional informa que as empresas que optam por fazer parte desta trajetória, poderão ter o IR – Imposto de renda retido na fonte, não sendo dispensados os valores que são tributados pela normativa do simples nacional.

Todas as dúvidas do simples nacional podem ser esclarecidas com o próprio contador que fará o imposto de renda da sua empresa, mas o que se pode garantir é que o mesmo fica retido na fonte, tendo as facilidades do simples nacional em deter os impostos sobre uma única via, muitas empresas optam por declarar o imposto de renda já que se encontram regularizadas no sistema de simples nacional.

Tire suas dúvidas acessando: www.impostoderenda.net

Leia Mais

Declaração Anual do Simples Nacional

Simples Nacional Declaração Anual

Assim como a Declaração Anual de Imposto de Renda existem algumas obrigações anuais a Receita Federal como a Declaração Anual do Simples Nacional que é feita também na mesma época do Imposto de Renda. Veja como funciona e como fazer a declaração do simples nacional anual.

simples-nacional-declaracao

O Simples Nacional é um regime tributário que contempla as micro e pequenas empresas que tenham uma receita bruta anual de até R$ 240 mil (no caso da micro empresa) e de até R$2,4 milhões (para empresas de pequeno porte). Um dos diferenciais do Simples Nacional é a simplicidade do recolhimento tributário que tem como base a apuração da receita bruta mensal sobre a alíquota da receita bruta anual. Há várias opções do Simples Nacional para pagamento unificado como: Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ), Imposto sobre produto industrializado, Contribuição para o PIS?PASEP, Contribuição Patronal Previdenciária, entre outras que é tudo unificado no Simples Nacional.

O Simples Nacional tem uma contribuição unificada que acontece através do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) e que é feita pelo site da Receita Federal a partir do mês de janeiro, até abril, mês de entrega da declaração anual do Simples Nacional.

Para estar cadastrada no Simples Nacional a empresa precisa estar isenta de débitos da Dívida Ativa da União ou do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e também não podem prestar serviços profissionais cujo exercício exija habilitação profissional legalmente exigida, como advocacia, engenharia, psicólogo, médico, entre outros profissionais. Para cada atividade de empresa há tabelas diferentes de alíquota da declaração do simples nacional que são: do comércio indústria, serviços e locação de bens móveis.

Formulário de Declaração Anual Simples Nacional

No site da Receita Federal há um manual do Simples Nacional que explica o que é o programa Simples Nacional, instruções de preenchimento dos formulários de declaração anual, abertura e preenchimento da declaração, como gravar a declaração, como imprimir, siglas etc. Para mais informações sobre como fazer a declaração anual do Simples Nacional consulte o manual acessando o seguinte link no site oficial da Receita Federal: www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional/Arquivos/manual/Manual_DASN2011.pdf.

Leia Mais